"Sinto muito, Papai."

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

"Sinto muito, Papai."

Mensagem por kim em Sab 26 Jan 2013, 23:35

Eu era um pai solteiro na época. Minha esposa tinha sido uma louca narcisista que não era capaz de cuidar de si mesma, então o nosso divórcio era mais ou menos uma bênção para mim. Quando nos separamos, eu estava com a custódia de nosso filho, que era minha vida.
Durante nosso casamento, minha esposa reclamou que eu passei muito tempo dando atenção a ele e não ela, que, aparentemente, achava que ela merecia o reconhecimento. Tendo aquela bruxa fora de casa e longe do meu menino teve muitas vantagens, mas também teve alguns inconvenientes. Eu trabalhava o tempo todo, e muitas vezes eu contratava uma babá ou ligava para os meus pais e via se eles poderiam ver o meu filho. Eu costumo tentar chamar meus pais para fazê-lo, mas de vez em quando eu tenho que me contentar com Marcy, a babá que estava sempre disponível em curto prazo. Eu nunca gostei particularmente da Marcy, já que ela sempre foi um pouco irresponsável. Marcy, muitas vezes passou a maior parte do tempo falando no telefone ao invés de prestar atenção no meu filho, e toda vez que ela via meu carro entrando na garagem pegava suas coisas e saia pela porta de trás... Era uma dor. Mas ela era tudo o que estava disponível.
Uma noite, eu entrei na minha casa e eu chamei por ela, mas não houve resposta. Achei que ela devia ter saído pel a porta de trás, então eu não dei atenção à sua falta de resposta. Entrei na sala e vi que no topo das minhas escadas estava meu filho, ainda de pijama.

"Hey, jogador," Eu chamei ele, antes de notar o olhar em seu rosto. "Algo de errado, filho?"
"Eu tive um pesadelo, papai", ele me disse, antes de descer correndo as escadas para me abraçar. "Foi tão assustador ..."
"O que aconteceu nele?" Eu perguntei. Ele me abraçou mais apertado.
"Eu estava andando pelo corredor quando ouvi Marcy assobiando no andar de baixo. Eu me escondi no escuro no alto da escada onde ela não podia me ver, e eu espionei ela fazendo sua lição de casa na cozinha. Depois de alguns minutos, a porta da despensa atrás dela abriu silenciosamente. Ela estava ouvindo sua música então ela não ouviu. Fora da copa estava um homem monstro nu com minúsculos olhos negros ... ", ele estremeceu.
"Vá em frente, meu filho," Eu disse.
"Bem, o homem-monstro a observou por um longo tempo, e então ele acenou com a mão para o armário na sala de estar. Ele abriu, e outro homem monstro saiu daquela porta. Ela estava focada em sua lição e sua música e estava escuro então ela não o viu também. Os dois homens monstro olharam ela por um tempo antes que o segundo homem monstro acenou para a janela. A cortina foi afastada, e havia outro homem monstro por trás dele. Marcy não o viu. Então, o terceiro homem monstro acenou para a porta do porão, e dois homens monstros saíram. Eu estava tão assustado, papai ... mas eu tentei ficar quieto e nenhum deles me viu.

"Todos eles observaram Marcy por alguns minutos antes de um deles atrás dela começar a rugir. Ela não ouviu. Ele resmungou mais alto. Ela fez uma careta e piscou. Eu estava rezando para que ela não se virasse, papai. Mas ela fez. Ela gritava e gritava, chorava e gritava, e todos os homens monstros correram e começaram a atacá-la. Partiram ela em pedaços e comeram tudo ... e quando terminaram, lamberam todo o sangue no chão. Então eles todos acenaram para os outros, e todos eles voltaram para onde estavam antes ... na dispensa, no armário, por trás da cortina, no porão ... e eu só estava no topo das escadas, eu estava tão assustada Papai ... "

Eu puxei o menino mais perto e ele suavemente começou a chorar. Eu dei-lhe um beijo suave na bochecha, como eu tentei o meu melhor para confortá-lo. "... Então o que aconteceu, filho?"

"... Eu ... eu fui chamar os vizinhos para ajudar. Eu pensei que se eu corresse rápido o suficiente para a porta, eles não iriam me pegar. Eu corri o mais rápido que pude ... mas todos eles saltaram para mim, papai. Eles eram tão assustadores. Agarraram-me e estavam prestes a me comer quando ... quando ... "

"O que aconteceu, filho?"

Ele gaguejou enquanto tentava contar o resto da história.

"Você pode me dizer alguma coisa, filho ... o que aconteceu?" Eu acariciava seu cabelo, quando ele começou a se recompor.

"Eu ... eu ... eu disse-lhes que se eles me deixasse, ir ... Eu iria dar você, quando você chegou em casa, para que eles pudessem levá-lo, papai ... me perdoe."

Tudo ficou em silêncio por um momento. E nesse momento, eu podia ouvir uma série de portas se abrindo em toda a casa. Meu filho enterrou o rosto no meu peito.

"Sinto muito, papai."
avatar
kim

Número de Mensagens : 197
Idade : 20
Localização : 13.01
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/07/2010

http://26-evans.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por Gates em Sab 26 Jan 2013, 23:43

Triste, tenso e fodão -v-

Foi vc que fez? h3h3

_________________
Ssshhhh, quiet, you might piss somebody off...
Like me, motherfucker. You've been at it for too long.
avatar
Gates
Moderador Global

Número de Mensagens : 3047
Idade : 18
Localização : Hogwarts
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 17/12/2010

http://www.google.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por † Bia † em Dom 27 Jan 2013, 01:31

Credo! Filho desgraçado! Nunca quero ter um assim! Por que não deu a mãe dele?

Foi vc que fez?²
avatar
† Bia †

Número de Mensagens : 2675
Idade : 19
Localização : Comendo brigadeiro com a Demi :3
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 15/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por kim em Dom 27 Jan 2013, 11:56

Não gnt :c eu peguei do Dead Page, esqueci de colocar os créditos. então

Créditos: Dead Page.
avatar
kim

Número de Mensagens : 197
Idade : 20
Localização : 13.01
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/07/2010

http://26-evans.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por Rosy em Dom 27 Jan 2013, 15:26

lol fodonaaaa *u*
avatar
Rosy

Número de Mensagens : 1468
Idade : 19
Localização : SLZ
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 08/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por Sawz!! em Seg 28 Jan 2013, 19:00

Como diabos esses monstros foram parar dentro da dispensa, do armário, atrás da cortina e na janela da casa do garoto?
avatar
Sawz!!
Moderador Global

Número de Mensagens : 455
Idade : 19
Localização : Teresópolis, RJ
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 19/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por Gates em Qua 30 Jan 2013, 11:30

Eles provavelmente são demônios e 'brotaram' lá.

_________________
Ssshhhh, quiet, you might piss somebody off...
Like me, motherfucker. You've been at it for too long.
avatar
Gates
Moderador Global

Número de Mensagens : 3047
Idade : 18
Localização : Hogwarts
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 17/12/2010

http://www.google.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por Morfina em Dom 05 Maio 2013, 15:52

Se é o pai que tava narrando e provavelmente depois disso ele morreu, como ele contou a história? Mas , é foda a história :3

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Morfina
Moderador Global

Número de Mensagens : 5094
Idade : 19
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 28/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Sinto muito, Papai."

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum