espelho dos espiritos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

espelho dos espiritos

Mensagem por drinho em Sab 06 Out 2012, 23:02

Eu estou escrevendo isso para um jornal local, porque se eu não fizer isso, eu posso ficar louco. Você pode me achar louco, depois de ler minha história. E eu posso ser mesmo...


Meu nome é Jared Baldwin, e tenho 22 anos de idade. Recentemente estou me mudando para um apartamento na zona rural do Maine. Tudo esta indo muito bem nessas primeiras semanas, não estou tendo nenhum tipo de problema, tudo parece estar se encaixando muito bem. Na primeira vez que coloquei os pés no apartamento notei que a energia elétrica e o telefone, ainda estavam ligados, parecia que os inquilinos anteriores haviam deixado o local muito rapidamente, e as empresas de energia, água e telefone nem foram avisadas.


Agora eu terminei minha mudança o apartamento está completamente mobilhado, ficou do jeito que eu queria. Eu não tinha problemas em me adaptação á novos ambientes. Adormeci dentro de cinco minutos após me deitar em minha cama nova. Era estranho, especialmente para mim, já que eu costumo ter problemas para adormecer em qualquer em lugares em que não esteja acostumado. Mas eu tinha essa sensação de que estava destinado a viver no apartamento, apesar de estar em uma área completamente isolada. Eu não me dou bem com o isolamento, embora não me incomode.


O segundo dia tudo correu bem, eu notei algo estranho no espelho do banheiro. Ele estava pintado com tinta preta, não havia um centímetro de espelho em que eu pudesse me ver, era muito estranho mesmo, parecia que antes de saírem os moradores antigos se preocuparam mais em cobrir o espelho do que desligarem a energia ou até cancelarem seu telefone.


Claro, eu não liguei para nada disso. Fiquei animado por não precisar comprar um armário novo para o banheiro, apesar desse não me servir para muita coisa.


Algumas semanas se passaram sem incidentes, e eu estava completamente feliz com minha nova morada. No entanto, coisas estranhas começaram a acontecer.


Uma noite, por volta das três da manhã, eu acordei com uma necessidade avassaladora de usar o banheiro, sai correndo de minha cama, e minha vista embaralhada se deparou com um feixe de algo brilhante vindo do espelho, apesar de ainda estar coberto com tinta preta, um brilho prateado fraco mostrava-se abaixo das fissuras do revestimento. Fiquei fascinado, e sobrecarregado com o desejo de raspar a tinta e tocar no espelho. Eu pensei ouvir sussurros fracos vindos do outro lado, me chamando, me pedindo para limpar o espelho.


Quando retomei meus sentidos, percebi que o que estava acontecendo não era fascinante, mas sim assustador. A voz por trás do espelho se tornou agitada, e em uma fração de segundo elas se foram... Eu fiquei um pouco atordoado, ainda estava sonolento.


Eu usei o banheiro e voltei para a minha cama.


Na noite seguinte, a mesma coisa aconteceu, eu notei que um pequeno buraco se abriu na pintura, cerca de três centímetros de altura e dois centímetros de largura, revelando um pedaço de espelho, que brilhava e pulsava com uma espécie de eletricidade de prateada. As vozes, calmantes e convidativas, me pedindo para remover a tinta do espelho.


Fechei os olhos por alguns minutos...


Quando abri os olhos novamente encontrei-me na cama. Olhei para o relógio e eram 7horas da manhã.
Eu estava sonhado o tempo todo?


Eu tinha dúvidas sobre o que estava acontecendo... E se tudo aquilo não fossem apenas sonhos, o senso comum dizia que eu deveria pensar sobre isso, e me mudar.


Algumas noites se passaram, e nada de estranho aconteceu.


Acordei na noite seguinte me arrastando para o banheiro, como eu tinha antes. Desta vez, notei que uma quantidade muito grande de tinta tinha sido removida do espelho, que tinha mais ou menos um metro quadrado. Um buraco de cerca de trinta centímetros de altura e vinte de largura tinha sido feito na pintura. O brilho pulsava sobre a superfície do espelho e iluminava todo o banheiro. Algo medonho escorria do espelho, parecia fumaça, mas era mais denso. Mais uma vez, as vozes me imploraram para libertar o espelho de seu revestimento... De repente tudo ficou escuro e mais uma vez eu encontrei-me de volta em minha cama na manhã seguinte.


Fui até o banheiro e vi que um buraco ainda maior pintura tinha sido feito durante a noite. Eu olhei para as minhas mãos e vi que elas estavam cobertas por tinta descascada...


Deus... Eu estava removendo a pintura durante a noite, enquanto eu sonambulava!!


O pensamento me assustou, e naquela noite eu tranquei a porta do banheiro pelo lado de fora. Os inquilinos anteriores tinham colocado o bloqueio lá, sem dúvida, pela mesma razão.


Quando acordei naquela noite, eu abri a tranca e fui para o banheiro. As vozes, mais convidativas do que nunca, fazendo-me sentir como se eu não tivesse escolha, e tivesse de libertar qualquer coisa que se escondia atrás daquele espelho, mais uma vez exigiu que eu removesse a tinta.


Obedeci, apesar de meu subconsciente gritar para eu parar! Eu suprimi os gritos e deixai entregar ao puro prazer de remover a pintura do espelho...


Acordei na manhã seguinte horrorizado ao ver que eu tinha retirado toda a tinta do espelho. Não havia estilhaços de tinta no espelho, e minhas mãos estavam completamente pretas.


O que eu tinha feito??!!!


Eu tinha medo de dormir à noite...


Algumas semanas se passaram sem que eu pudesse pregar os olhos com medo do que poderia acontecer.


Uma noite, acordei por volta das três da manha... Fui para o banheiro, á pedido da voz que vinha através do espelho. A voz era mais alta, como seria de esperar, porque não estava abafada pela pintura. O que eu vi me apavorou ​​mais do que qualquer coisa que eu tinha visto antes.


A coisa que vivia no espelho não era agradável. O brilho prata era mais intenso do que nunca, em torno do espelho transbordava uma fumaça que parecia ectoplasma, e a criatura dentro do espelho sorriu para mim, revelando fileiras de dentes pontiagudos e amarelos. Meu coração quase explodiu no meu peito.


As vozes que antes eram tão amáveis, agradáveis agora soava ameaçadoras e sinistras. A criatura, escondida nas sombras, passou através do vidro, cantando meu nome.


Eu corri, para fora do banheiro como se não houvesse amanhã e realmente não haveria, se essa coisa me pegasse, passei pela sala de estar olhando para meu taco de beisebol.


Ouvindo logo atrás de mim aquela coisa rindo e chegando mais perto... Eu sai correndo pela porta da frente e sem nem olhar para trás. Eu não me preocupei com os meus pertences ou em trancar a porta. Eu nem sequer peguei as chaves do meu carro, eu apenas corri...


Agora, estou me refugiando na casa de um vizinho, eu não posso voltar, mas sinto como se eu não estivesse seguro. Eu soltei-o do espelho, e eu sei que vai me caçar até que eu prenda ele novamente no espelho.


Eu tenho que ficar longe do Maine.


Amanhã vou estar me movendo para a Califórnia. Eu não me importo com meus pertences, eu só quero ficar seguro...




Me desculpe...




Enquanto eu escrevia isso, eu sabia exatamente o que aconteceria com você, essa coisa está morrendo de fome...


E se eu não tivesse contado isso para alguém, ou passado para frente a informação de sua existência, eu estaria morto agora...


Agora estou bem longe de Maine... Eu me mudei para a Califórnia e vivo em um apartamento alugado, e trabalho em uma lanchonete para paga-lo...


Ontem á noite pensei ouvir vozes vindas do banheiro... Mas deve ser porque eu tenho pesadelos quase todas as noites com isso... Ele não poderia ter me seguido até aqui....




Porque agora... Ele está atrás de você.



fonte creepy world
avatar
drinho

Número de Mensagens : 41
Idade : 17
Avisos :
1 / 1001 / 100

Data de inscrição : 20/09/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: espelho dos espiritos

Mensagem por Valéria em Dom 07 Out 2012, 17:00

Tenso , mas legal!!!!!!!!!! muito,muito mas muito legal!!! *D*
avatar
Valéria

Número de Mensagens : 269
Idade : 18
Localização : Nas quebrada
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 08/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum