Histórias Curtas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Histórias Curtas

Mensagem por Giacomo Amato em Qua 23 Jan 2013, 21:34

"Papai, eu tive um pesadelo."

Você coça seus olhos e levanta o pescoço. Seu relógio brilha em vermelho dentro da escuridão -- são 3:23. "Você quer subir na cama e me contar sobre ele?"

"Não, Papai."

A estranheza da situação te faz ficar mais acordado. Você quase consegue ver a silhueta pálida de sua filha no escuro do quarto. "Por que não, querida?"

"Porque no meu pesadelo, quando eu te contei do sonho, a coisa vestindo a camisola da mamãe se levantou."

Por um momento, você se sente paralisado; você mal consegue tirar os olhos de sua filha. O cobertor atrás de você começa a se mexer.

====================================================================================================================

Eu dei a ela uma boneca em seu aniversario. Ela amou o presente, disse que era lindo. O cabelo era macio e o vestido muito bonito e ela não a deixava de lado por dias, coloca-vá a mesma na mesa enquanto limpava a casa e ao seu lado no sofá enquanto via televisão. Mas com o tempo notei que ela estava chateada e que algo a incomodava. No começo ela não me dizia mas depois de muita insistência em uma noite, ela em lagrimas confessou que havia algo errado na boneca a mesma a olhava e de vez enquanto se mexia e que isso a assustava.

Fui checar a boneca mas nada parecia errado porém ao me virar escutei algo se mexendo, olhei de novo para a boneca e vi seus olhos se movendo, me assustei porem percebi que era algo atras dos olhos da boneca e quando retirei vermes repugnantes saíram da cavidade, minha esposa aflita gritou e saiu da sala, e eu larguei a boneca no chão e depois a peguei com um lençol e a enterrei no quintal.

Alguns dias depois minha esposa comentou comigo no almoço como achava lindo os belos cachos loiros do cabelo da filha da vizinha que mora a 2 quadras de casa e que queria uma boneca com o cabelo igual, e como sou bom marido irei dar a ela o que ela quer.

====================================================================================================================

Duas colegas de quatos estavam na mesma sala de ciência. O professor havia a pouco relembrado a classe da prova haveria no dia seguinte quando uma das colegas - Vamos chama-la de Júlia - foi convidada para uma festa pelo cara mais metelão da escola. A outra colega, Melissa, estava bem decidida que não iria, era uma aluna esforçada. Após um dia inteiro sonhando com a festa do dia, Júlia estava totalmente despreparada para o teste, enquanto Melissa estava muito bem preparada para uma maratona de estudos junto aos seus livros.

No fim do dia, Júlia se preparava para a festa enquanto Melissa começava a estudar. Júlia tentou convencer Melissa a ir, mas ela insistia que queria estudar para passar na prova. Elas eram bem próximas e Júlia não queria deixar Melissa sozinha enquanto se divertia. Júlia finalmente desistiu de tentar convencer a amiga e saiu do dormitório.

Júlia foi à festa, e teve o melhor dia de sua vida. Ela voltou para o quarto por volta das 2h da manhã e decidiu não fazer barulho nem ligar a luz para não acordar Melissa. Ela foi para a cama nervosa por causa da prova e concluiu que acordaria Melissa na manhã do dia seguinte para a ajuda-la.

Ela acordou e foi para a cama de Melissa. Melissa estava deitada de barriga para baixo, aparentemente dormindo. Júlia a rolou para revelar o horrível rosto de Melissa. Júlia, desesperada ligou a luz do quarto. O material de estudo de Melissa estava aberto e tinha sangue por cima de tudo. Melissa tinha sido assassinada. Júlia, horrorizada, caiu no chão e olhou para cima para ver que, escrito na parede com o sangue de Melissa tinha uma mensagem: "Não está feliz por não ter ligado a luz?!"

====================================================================================================================

Um trovão clareia a madrugada fora de sua janela, por um segundo você imagina diversos rostos em desespero no seu espelho, decidindo que tal coisa não pode ser verdade,ele simplesmente vira e dorme.

No outro dia ele decide se livrar de todos espelhos da sua casa,devido à horrível experiência da noite anterior,todos espelhos reunidos ele os joga fora.

no outro dia ele acorda e há um bilhete na cabeceira da sua cama,e ela diz:

''Por favor traga os espelhos de volta,nós gostamos de te ver dormir"

====================================================================================================================

Dps posto mais ;b

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Sdd's eterno amigo
avatar
Giacomo Amato
Moderador Global

Número de Mensagens : 1347
Idade : 19
Localização : Bh - MG / Udia - MG
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 04/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Histórias Curtas

Mensagem por Sawz!! em Qui 24 Jan 2013, 04:44

Já tinha visto isso no Medob. Mas são histórias interessantes.
avatar
Sawz!!
Moderador Global

Número de Mensagens : 455
Idade : 18
Localização : Teresópolis, RJ
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 19/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Histórias Curtas

Mensagem por Jessy em Qui 24 Jan 2013, 09:07

Posta mais u.u

_________________
Who put the weight of the world on my sholders?
avatar
Jessy
Administrador

Número de Mensagens : 1394
Idade : 17
Localização : Paulista - PE
Avisos :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 22/05/2011

http://a-rabequista.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Histórias Curtas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum